Notícias

ICBEU Manaus celebra trajetória artística de Óscar Ramos

O Instituto Cultural Brasil Estados Unidos – ICBEU Manaus, dando prosseguimento à sua ação cultural, na incansável busca pela valorização da expressão regional amazonense nas artes plásticas e visuais, tem a grata honra de integrar-se ao movimento de celebração dos oitenta anos de existência do artista amazonense de Itacoatiara Óscar Ramos, apresentando a Exposição “Óscar Oitenta Ramos – Coletâneas da Memória”, cuja abertura acontecerá no dia 9 de Outubro, às 19h00 na Galeria de Artes da instituição.

Um dos principais nomes das artes visuais do Amazonas, Óscar possui uma longa trajetória composta por trabalhos como designer gráfico, diretor de arte, pintor, poeta e cenógrafo, tendo produzido trajetória brilhante nas artes plásticas e no cinema profissional e premiado nos principais festivais brasileiros e em salões, desde os anos 60, e nas telas a partir do final dos anos 70. Nascido em Itacoatiara, interior do estado do Amazonas, Óscar já realizou trabalhos com grandes nomes da música brasileira, assinando capas de discos de Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gilberto Gil e Gal Costa, por exemplo, além de trabalhos premiados no exterior.

Nesta exposição, sob curadoria de Sergio Cardoso, o público poderá apreciar cerca de 66 peças, dentre troféus ganhos em Festivais de Cinema em Gramado, Brasília e Natal, quadros e pinturas, poemas gráficos, cartazes e projeções de filmes, colagens e desenhos, que contam um pouco da brilhante história de 60 anos de produção deste renomado artista.

Para o Diretor-Presidente do ICBEU, Luis Fabian Barbosa, “a longeva trajetória de Ramos é memória que muito engrandece o Amazonas. Artista Plástico premiado, com passagem pelas trilhas europeias e nacionais, reconhecido como um dos mais importantes diretores de arte do cinema brasileiro e internacional, diversas vezes laureado em festivais de Gramado e Brasília. É um presente para o ICBEU celebrar um artista com tamanha carreira e reconhecimento.”

A programação artística do ICBEU em 2018 segue em intenso e movimentado processo criativo. É desta forma que reafirmamos, continuamente, nosso compromisso educacional e cultural com a sociedade amazonense.

O QUE: Exposição “Óscar Oitenta Ramos – Coletâneas da Memória”

ONDE: Galeria de Artes do ICBEU (Unidade Centro – Avenida Joaquim Nabuco, 1286)

QUANDO: Abertura no dia 9 de Outubro, às 19 horas.

Visitação: até 09 de Novembro (de Segunda a Sexta, de 15 às 19h e Sábados, de 09h às 12h)

 

Vida e obra de Óscar Ramos

Adepto de linguagens múltiplas, Óscar Ramos, que nasceu em Manaus, em 1938, foi aluno do curso de pintura livre que Ivan Serpa mantinha no MAM do Rio, na década de 1950. Em 1965, o artista ganhou uma bolsa de estudos da Universidade do Pará e passou dois anos na Espanha, tendo como mestre o pintor Manolo Mompó, um dos mais importantes nomes da abstração espanhola. No início dos anos 1970, a convite do Cardiff College Of Art, uma das melhores universidades de arte e design do mundo, desenvolve pesquisa visual na capital do país de Gales.

Em 1971, com o artista visual Luciano Figueiredo, Óscar Ramos lança o projeto gráfico de “Navilouca”, icônica revista de ideias, artes e literatura coordenada por Waly Salomão e Torquato Neto. Realiza em 1973, ainda em parceria com Luciano Figueiredo, o filme OK X KO, a partir de cenas filmadas na Inglaterra com o poeta Chacal. Entre as décadas de 1970 e 2000, Óscar atuou com múltiplos suportes. Trabalhou na direção de arte de diversos filmes, como “Menino do Rio”, “Além da Paixão” e “Tainá”, realizou capas de discos para dezenas de músicos, dentre eles, Caetano Veloso e Gilberto Gil, e participou de três edições da Bienal de São Paulo.

Em 2013, Óscar lançou o livro “Maya” sobre suas experiências nas artes visuais, desde Itacoatiara, até suas experiências na Espanha e na Inglaterra, antes da volta para o Amazonas. “Falo sobre a minha paixão pela arte, além de contar um pouco sobre o meu desenvolvimento artístico, viagens e a fonte da minha inspiração”, descreveu, na época do lançamento. O título do livro é uma referência à deusa brâmane da ilusão.

 

Deixe seu comentário

Preencha todos os campos marcados com asterísco (*)

Instituto Cultural Brasil - Estados Unidos
Av. Joaquim Nabuco, N. 1286 - Centro - CEP: 69020-030 - Manaus - AM
Tel: (92) 3198-7100

As informações deste site são constantemente atualizadas pelo ICBEU. Ressaltamos que o ICBEU reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.